Gabinete Português de Leitura comemora Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Publicado em 10 June 2016

Para celebrar o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, o Gabinete Português de Leitura de Pernambuco (GPL) e demais Instituições e Associações Portuguesas e Luso Brasileira no Recife, promovem uma noite repleta de programações no salão nobre do prédio sede do GPLPE, no dia 10 de junho, a partir das 20h. O evento celebra a formação da pátria lusitana e sua influência sobre os demais países de língua portuguesa, além de marcar a morte do poeta Luiz Vaz de Camões, uma das maiores figuras da literatura lusitana e mesmo do Ocidente.

No primeiro momento, o presidente em exercício do GPLPE, Celso Stamford Gaspar, receberá os convidados na Sala de Exposições onde poderão conferir a mostra retrospectiva de Marcos Cordeiro. Natural de Sertânia, é pintor, poeta, contista, dramaturgo e ceramista. Por três vezes (1995, 2003 e 2005), recebeu o Prêmio Elpídio Câmara de dramaturgia dos Concursos Literários do Conselho Municipal de Cultura do Recife. É autor dos livros Vesperal da solidão (1980); Naufrágio lúcido (1981); Hai-khais para Pernambuco, Rafaella (1989); Onde o coração! (1987, contos); Romançal Paranambuco (1995); Nação Paranambuco (1996, teatro); Capibaribe do sol (2003, teatro) e O Lamento dos Acauãs (2005).

O evento segue com seção solene e em seguida palestra do advogado Gustavo Krause, Secretário da Fazendo do Estado de Pernambuco por duas vezes, Vice-Governador e Vereador pela cidade do Recife. Ele fala sobre o tema Brasil em Crise: Diagnóstico e Perspectivas.

Para encerrar a noite de comemorações do calendário cívico lusitano, o GPLPE preparou um momento musical, com apresentação do Trio Musical Clássico da Orquestra Universal, seguido de coquetel. Com formação de piano, violino e voz, o Trio é composto pelo Maestro Lúcio Azevedo, Mário Mendes e Juliana Cumarú. Lúcio é pianista e criador do grupo musical, especializado em eventos sociais como casamentos, formaturas e corporativos. Mário Mendes é violinista da Orquestra Sinfônica do Recife e atua, ainda, com trabalho de musicoterapia em alguns hospitais do Recife. Juliana, soprano, é professora formada pela UFPE, especialista em repertório eruditos e em idiomas diversos. No show do dia 10, o repertório traz clássicos da música portuguesa, homenageando nomes como Dulce Pontes e Amália Rodrigues e grupo Madre de Deus.


Multimídia

Coral amigos do São Vicente